Johan Henryque
Nas mãos marcadas de tinta, guardei a chave de outro mundo
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


Trejeitos
 
Guardei comigo
O teu abrigo
Abraços, conselhos
Nossas fotos em espelhos
 
Perdi o receio de partir
Afinal, nessa terra
Não há para onde ir
 
Escondi a força
Que tentavam tomar
Nenhum de nós
Deveria se entregar
 
Encontrei o medo
Ali, na escuridão
Prepotente a alma
O tempo e sua imensidão
 
Parei, em meio a luz do dia
Sentando com a calça rasgada
Na terra, sobre a estrada
 
Desfrutei da chuva
Molhando o corpo
Limpando o espírito
Levando consigo
Estresse e agonia.
 
 
 
 
 
 
JK
 
 
 
 

 
 
 
 
Johan Henryque
Enviado por Johan Henryque em 05/01/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
As Crônicas de Vahl Hallen - O Despertar R$14,99
Noah Flint R$25,99