Johan Henryque
Nas mãos marcadas de tinta, guardei a chave de outro mundo
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


Florescer
 
Essa cor que brota na bochecha
No teu sorriso, é como aquele carinho lento
Um beijo leve, um toque dos lábios contra a testa
 
Essa essência de vida, mistura-se ao sentimento
Não, nenhuma alegria supera nossa própria poesia
Contada e versada por linhas extraordinárias
 
Amizade é essa exatidão, o florescer da primavera
União de almas frias e solitárias
Com a aurora de energia e felicidade.
 
 



 
Desafio da Poesia

Contribuição: Maria Lúcia.

Doze palavras: Essência, Carinho, Lábios, Poesia, Exato, Aurora, Primavera, Sentimento, Alegria, Amigo, Bochechas e Extraordinário.

 
Johan Henryque
Enviado por Johan Henryque em 25/09/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

As Crônicas de Vahl Hallen - O Despertar R$14,99
Noah Flint R$25,99
Site do Escritor criado por Recanto das Letras