Johan Henryque
Nas mãos marcadas de tinta, guardei a chave de outro mundo
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


Independência

Já marchei por ti

Ó pátria amada
Já sonhei poder
Lhe acolher em meus braços
 
Independência
A grande essência
Perdida
Esquecida
 
Nos olhos de teu povo
Há tanto desgosto
Com quem lhe comanda
E o pior, é a sensação
De todos eles
A si mesmos, pedirem perdão
 
Ó pátria amada
Não são os sete
Gols da Alemanha
Que envergonham
Teu cidadão
 
É tanta manipulação
Essa desenfreada
Corrupção
 
Ó pátria amada
Será existir
Uma forma
Desse abismo fugir?

 
Johan Henryque
Enviado por Johan Henryque em 07/09/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

As Crônicas de Vahl Hallen - O Despertar R$14,99
Noah Flint R$25,99
Site do Escritor criado por Recanto das Letras