Johan Henryque
Nas mãos marcadas de tinta, guardei a chave de outro mundo
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


Mapa
 
Querida, vamos sair agora
Não, não espere o amanhecer
A lua e as estrelas
Na estrada, querem nos ver
 
Esqueça a bolsa, a razão
Deixe a alma despertar
Encontre a estação
Para nossa música cantar
 
O destino
Nos pediu cautela
O mapa
Joguei pela janela
 
Querida, não
Se permita morrer
Ainda existe tanto
Para a gente viver

 
 
Johan Henryque
Enviado por Johan Henryque em 02/09/2017
Alterado em 03/09/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
As Crônicas de Vahl Hallen - O Despertar R$14,99
Noah Flint R$25,99