Johan Henryque
Nas mãos marcadas de tinta, guardei a chave de outro mundo
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


Ordem

Tornei-me a prisão

Da criatividade
E no meio desta confusão
Perdi minha simplicidade
 
A ordem
É inimiga da verdade
Pois a encher-se de dúvidas
Nunca se encontrará a liberdade
 
Então é preciso
O passado deixar
O futuro nos espreita
A espera de nos conquistar
 
Há um lugar no tempo
Para nosso lado surreal
O complexo e a culpa
De amar sem igual.
 
 
 
 
 
Desafio da Poesia
 
Contribuição: Humberto Carlos Brando Júnior
 
Doze palavras: Surrealismo, tempo, confusão, ordem, liberdade, prisão, simplicidade, complexo, criatividade, culpa, amor, dúvida.

 
 
Johan Henryque
Enviado por Johan Henryque em 04/08/2017
Alterado em 05/08/2017

Música: Hardened Heart - Tom Chaplin

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Noah Flint R$25,99
Publicados:
Noah Flint (2017)

Próximos Projetos:


As Crônicas de Vahl Hallen I (2018)
Villeneuve (2019)
As Crônicas de Vahl Hallen II (2020)
Estandarte (2021)
As Crônicas de Vahl Hallen III (2022)
O Mistério Na Floresta (2023)
Estandarte II (2024)
Fênix (2025)
Site do Escritor criado por Recanto das Letras