Johan Henryque
Nas mãos marcadas de tinta, guardei a chave de outro mundo
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


Corromper
 
   Penso que muito se perde a cada dia, sonhos, oportunidades, desejos e vontades. Talvez não seja culpa sua, dele, dela, ou então de todos nós. Na verdade, nem conseguimos entender os culpados.
   Existe tanto para se conhecer, tanto a aprender. Mas, o principal, deixamos muitas vezes para depois. A ansiedade corrompe nosso respeito, o orgulho corrói nossa dignidade, a mentira nosso coração e assim caminhamos a passos largos até o abismo de almas vazias.
   Não é à toa que nossa era registre índices tão altos de depressão, enquanto a poucas décadas, todos viviam felizes nos campos e fazendas. Claro, a tecnologia tornou-se a mais importante invenção da história, mas também, a mais perigosa.
   É um pouco assustador imaginar o futuro, não pelo que pode vir, mas pelo que podemos nos transformar, se um dia nossos antepassados experimentaram as maravilhas de amar e sentir, o que restará a nós? Apenas existir?
 
Johan Henryque
Enviado por Johan Henryque em 05/06/2017
Alterado em 06/06/2017

Música: Cinnamon - Jome

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Noah Flint R$25,99
Publicados:
Noah Flint (2017)

Próximos Projetos:


As Crônicas de Vahl Hallen I (2018)
Villeneuve (2019)
As Crônicas de Vahl Hallen II (2020)
Estandarte (2021)
As Crônicas de Vahl Hallen III (2022)
O Mistério Na Floresta (2023)
Estandarte II (2024)
Fênix (2025)
Site do Escritor criado por Recanto das Letras