Estandarte
Um canto de rima, prosa e encanto
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos



Piratas do Caribe – A Vingança de Salazar
 
   O sucesso e fama de uma franquia geralmente são motivos suficientes para lhe manter de pé, porém, nem sempre é possível encontrar um motivo plausível para uma história que mais parece um produto pouco desenvolvido.
   A nostalgia em rever Will e Elizabeth depois de dez anos não fazem jus a nosso pouco incrementado roteiro, que preferiu utilizar de narrativas preguiçosas e bastante clichês. Se no primeiro filme, o ritmo era envolvente e inteligente, aqui temos algo arrastado e desleixado.
   Um elemento que comprova como a Disney pouco se importa com a experiência do seu público e apenas com seu dinheiro, foi a não escalação de Marco Antônio Costa, dublador de Jack Sparrow nos quatro primeiros filmes. A primeira impressão é terrível e obviamente Jorge Lucas não tem a capacidade de substitui-lo a altura.
   É inegável que todo o carisma de nosso protagonista lhe rendeu mais aventuras do que o necessário, enquanto alguns ainda acreditam que há piratas no horizonte, o destino de Hollywood tente a mais filmes ricos em mediocridade. Chegou a hora de Jack se aposentar.
 
Nota: 5.
Johan Henryque
Enviado por Johan Henryque em 31/05/2017
Alterado em 01/06/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras