Estandarte
Um canto de rima, prosa e encanto
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


Cara Kollen,
 
   Quando me surgiu esta ideia de escrever cartas para pessoas do meu passado, não me veio à mente o seu nome, mas, é impossível falar de passado sem lembrar da pessoa que mais contribuiu para tudo que me tornei.
   Você foi minha primeira namorada, me fez aprender tantas coisas, me apresentou o xadrez, uma marca que jamais pensei conseguir manter após terminarmos. Porém, hoje, estou aqui, usando um belo xadrez azul escuro, creio que gostaria dele, tanto quanto eu.
   Seus olhos, o que posso dizer sobre eles? Quando podia observá-los eram segundos de puro encanto, a maneira como você me olhava, tornava tudo ainda mais intimidador. Sei que nunca foi o seu objetivo, nunca quisemos que a vida nos ensinasse a perder, não tão cedo.
   Chorei muito, muito mesmo, quando você me disse que não poderíamos continuar, mas, por favor, não se sinta culpada por isso. Sei o quanto você lutou, sei o quanto quis me mostrar o que estava errado, fui cego demais para entender, fui tolo para perceber.
   O destino me reservou outro caminho, e assim, um diferente a você também, ficamos anos sem nos ver, anos sem trocar uma mensagem se quer. Não espero que esta carta nos faça voltar a conversar, até por quê, hoje seguro em meus braços, uma pequena versão minha, falando nisso, Phillipe adoraria lhe apertar as bochechas agora e ganhar um abraço seu. Prometo ensinar a ele, tudo que não fui capaz de aprender.
    Quanto a você, desejo que viva, que ame e conquiste seus sonhos, aqueles mesmos sonhos que tanto sussurrava em meus ouvidos. Sei o quão seu dom é inspirador, e por isso, não tenho dúvida alguma que todos os seus objetivos serão alcançados. Um abraço e obrigado por tudo.
 
Com alegria, Steve.
Johan Henryque
Enviado por Johan Henryque em 30/05/2017
Alterado em 01/06/2017

Música: Be Yourself - Harrison Storm

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras