Johan Henryque
Nas mãos marcadas de tinta, guardei a chave de outro mundo
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos

Outubros 
 
   Eu mal imaginava como seria repetir esta data, mesmo sempre aguardando que novamente acontecesse nada poderia ser melhor que passar os trinta e um dias de outubro outra vez. 
   O amanhecer, o jeito de olhar sob a janela, tudo se transformava em algo muito mais especial, como se os dias ganhassem vida, e todo o desanimo sumisse do mundo, os passáros cantam mais alto. O sol ilumina o horizonte, deixando tudo ainda mais brilhante. 
   Quando os últimos dias chegavam tudo ficava um pouco mais triste, por estar terminando um período tão especial, e por mais que pudesse ser ruim, nada seria melhor que passar um outubro após o outro.
   

   
Johan Henryque
Enviado por Johan Henryque em 05/06/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

As Crônicas de Vahl Hallen - O Despertar R$14,99
Noah Flint R$25,99
Site do Escritor criado por Recanto das Letras